Como projetar a voz no teatro?

Imagina a seguinte situação: você compra um ingresso para um espetáculo que você queria muito assistir, porém eles só tinham ingressos para a última fileira. Você senta no lugar indicado, apagam-se as luzes, toca o terceiro sinal, o espetáculo começa.

E no momento que um dos atores dá a sua primeira fala, você não entende nada do que ele diz. Por mais que ele tente, a sua voz não consegue alcançar a última fileira. O segundo ator também começa a falar, você sente um esforço dele para ser entendido, ele está se esgoelando, gritando para que o público o entenda.

Por incrível que pareça esta situação é mais comum do que se imagina. Nem sempre temos disponível nas apresentações microfones que ajudam a amplificar a nossa voz, além disso muitos atores não tem um conhecimento aprofundado das técnicas vocais para que saibam como projetar a sua voz no teatro.

Por este motivo é essencial que os atores estudem a voz desde as questões anatômicas do aparelho fonador até as técnicas, como por exemplo, conseguir uma potência vocal suficiente para projetar sua voz no espaço.

Mas você sabe o que é projeção vocal?

O que é projeção vocal?

O que chamamos aqui de “projeção vocal” não é nada mais, nada menos, do que uma forma natural de amplificação da voz. É quando sua voz é emitida de forma audível, clara e com um bom alcance, preenchendo o espaço onde se encontra, mas sem que, para isso, precise perder a qualidade da voz ou machucar suas pregas vocais.

Já tive vários professores de teatro e diretores de peça que me disseram: “A velha senhora com problemas de audição sentada na última fileira precisa entender o que você diz. ”

A projeção vocal vai lhe ajudar nesta tarefa.

O que pode estar te impedindo?

Antes de entendermos como projetar a voz no teatro e o que é possível fazer para que isso aconteça, precisamos entender a causa do problema.

Eu tenho muitos alunos que me dizem que tem a “voz para dentro” e não sabe como resolver isso.

São inúmeros os motivos que podem levar a esta dificuldade. Na grande maioria das vezes é algum bloqueio que foi adquirido ao longo dos anos, por opressão ou censura de algum comportamento, principalmente quando somos crianças. “Faça isso, não faça aquilo, fale baixo, etc.”

Isso gera tensões, bloqueios, insegurança, timidez, nervosismo, etc. Somado a isso, vem a falta de conhecimento e treinamento de técnicas vocais.

Em alguns casos, podem ser razões mais fisiológicas, como algum problema no aparelho fonador. Por este motivo, o aconselhável, é antes de tudo, buscar um otorrinolaringologista ou um fonoaudiólogo para verificar se não há nenhuma patologia.

Como projetar a voz?

Depois de verificado que não há nenhum problema fisiológico ou alguma patologia no aparelho fonador, é possível trabalhar a projeção vocal trabalhando alguns fatores importantes.

Vamos ver alguns?

RESPIRAÇÃO

Um dos primeiros fatores que devemos nos atentar é a respiração. Quando inspiramos, o ar entra nos pulmões e ao sair, na expiração, ele causa a vibração das pregas vocais. Se não temos ar o suficiente, perdemos fôlego ao cantar ou declamar um texto e com isto podemos prejudicar nossas pregas vocais. Por isto, é importante que usemos a respiração completa (intercostal e diafragmática) na hora de dar as falas. Ela ajudará no apoio respiratório correto e no controle da respiração, dois fatores importantes que ajudam na emissão vocal.

POSTURA

Não é possível dissociar corpo de voz. Nosso corpo é como uma caixa de som gigante que auxilia na emissão do som. Consequentemente, a posição dele também influencia no som que será emitido. Faça um teste. Movimente o seu corpo enquanto emite o som de uma vogal. Veja como posturas diferentes podem influenciar neste som. Portanto, se você quiser ter uma boa projeção vocal, fique atento a melhor posição que o ajudará nisto. Por exemplo, quem é muito tímido, costuma assumir uma postura mais curvada e encolhida, isso interferirá negativamente na impostação da sua voz.

RESSONÂNCIA

A ressonância pode ser entendida como o emprego correto de algumas cavidades ósseas do aparelho fonador que fazem ressoar e amplificar o som no espaço, por este motivo ela está diretamente ligada com a projeção vocal. Há vários tipos de ressonância e saber como utilizá-los pode colaborar com a melhoria da potência da sua voz.

AQUECIMENTO VOCAL

O aquecimento vocal prepara a sua voz para um uso intensivo dela, evitando lesões. Porém ele também colabora para uma ampliação da emissão vocal. Faça um teste: experimente dizer uma frase antes de fazer um aquecimento e depois de fazê-lo. Você verá a diferença.

O ideal é que você faça todos os dias um aquecimento vocal. Se você não está acostumado a praticar, pode começar fazendo aquecimentos curtos, de mais ou menos 10 minutos por dia. Depois com a prática, vá aumentando a duração do aquecimento. Antes de apresentações, faça aquecimento mais longos .

Exercícios respiratórios, de vibração, nasais, staccato, estalos, etc. são alguns exercícios que você pode incluir no seu aquecimento.

Comece a praticar hoje!

Segue duas ideias de exercícios possíveis de fazer para conseguir projetar a voz.

CONTROLAR A DISTÂNCIA

Fique de pé de frente para uma parede a uma certa distância. Coloque alguns objetos pelos caminho. Pratique emitir um som em direção a parede e depois tente controlar este som para que chegue em cada um dos objetos. Como se fossem pessoas em diferentes lugares da plateia.

VOCALIZE

Pratique vocalizes. Escolha uma vogal e emita um som indo do grave para o agudo e depois voltando para o grave. Tente experimentar diferentes formatos de abertura da sua boca ao emitir este som e veja a diferença na projeção. Por exemplo, quando você diz o “I” com uma abertura de “Ê”, o “I” sai mais potente. Não esqueça de apoiar sua respiração. Caso nunca tenha feito um vocalize na vida, é recomendável procurar ajuda de um professor para que ele possa orientá-lo para não se machucar.

E agora? Dicas finais

Agora você já sabe como projetar a voz no teatro, experimente colocar em prática tudo que você aprendeu. Só praticando diariamente é que você conseguirá ver algum resultado. Mas se você não está acostumado a praticar exercícios vocais, comece com parcimônia para não ter o efeito oposto e causar alguma lesão ou fadiga. Outra dica importante é ter cuidados básicos com a voz para mantê-la sempre saudável, como beber muita água, por exemplo.

Achou útil este artigo? Compartilha com um amigo para nos ajudar que estas informações cheguem a mais pessoas.

Comenta aqui embaixo se você tem dificuldade em projetar sua voz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *